Saturday, 29 April 2017

Detox não é só líquidos - Hummus de Beterraba / Detoxing not only with liquids - Beetroot hummus



Por aqui continua-se a fazer uma limpeza de primavera. Quando a comecei pensei logo no esterótipo "sumos e batidos a toda a hora" mas felizmente esta é diferente. Há batidos, mas também há refeições leves que não passam por uma palhinha ( ou será que dá para beber hummus...? ). Hummus, aquela invenção da gastronomia árabe feita a partir de الحمص  (grão de bico), é a minha escolha quando quero algo simples, saboroso e saciante. Faz parte das refeições 3 S's. Ultimamente quase todos os dias tenho feito paté de tremoços, de leguminosas ou de grão (hummus). Por andar a repetir-me tanto na cozinha, a vontade de inovar e apimentar as coisas atingiu-me. O patê de grão tinha de se manter, mas era obrigatório algo mudar. Olhei para o recheio do frigorífico, e fez-se luz. Hummus de beterraba. 

Wednesday, 26 April 2017

Detox

Será que me vou repetir? Provavelmente. Já ouviram há uns meses a história do "ando desaparecida por andar ocupada, sem tempo para parar e escrever, para dar a merecida a atenção ao blog", e parece que neste primeiro trimestre de 2017 as coisas não mudaram muito, ou então deram uma volta de 180. O trabalho triplicou-se, o sono cortou-se, o tempo livre foi mínimo e o cansaço muito. Mas no final, tudo valeu a pena. Todas as noites sem dormir, todas as horas em pé, ou dias a fio sentada, todo o stress e pressão, todo o desgate emocional e físico. 3 meses de final de curso que pareceram uma montanha russa. 3 meses que terminaram com uma nostalgia, melancolia e saudade extremas. (Não sou masoquista, prometo!). Agora entra-se na recta final, mas a meta vai ser alcançada sem stress, com muitas horas de sono, mais tempo livre e muuuuito descanso.


Num estilo de vida que deu uma volta de 180, senti que era necessário fazer um "reiniciar", "reset", "detox", o que preferirem designar. Por milagre, o scroll incessante no Instagram teve os seus frutos e encontrei o blog Theofficinalis. Nada mais nada menos que um blog sobre minimalismo, desperdício zero, viagens, nutrição e receitas. Amor à primeira vista? Pode-se dizer que sim, o design adoravelmente simples também me cativou. Fiquei ainda mais encantada quando li as palavras "Detox", "ebook" e "gratuito" combinadas. Este blog caiu-me do céu.
E foi assim que comecei o meu primeiro detox. Neste momento estou a cumprir todos os passos da "limpeza" referente à alimentação. O restante, irei dar o meu máximo.  
Ao longo da semana irei dando novidades pelo instagram @thehealthyyme e no final desta semana trago-vos notícias sobre este "reset" muito necessário.
Mais alguém a fazer uma "limpeza de Primavera"? Por aqui motivação e conselhos são sempre bem recebidos :)

Um grande xi 💛

Saturday, 31 December 2016

Recordar 2016 | Recall 2016


Alguém por aí? ... *gri gri*
Desculpem a minha ausência, tenho andado a mil. Por "andar a mil" entende-se não ter tempo para pausar, ler blogs, ganhar inspiração, ir às compras, cozinhar, fotografar, editar, escrever, e publicar.
2016 definitivamente não foi o ano do blog, mas, fora esse pequeno "precalço" acho que posso dizer que foi "O Ano". 
Um ano que ao relembrar me faz rasgar um sorriso na cara e algumas gargalhadas. Alguns beicinhos e uns quantos suspiros. Foi um ano que começou bem e termina ainda melhor.
2016 foi o ano do inesperado, de repensar, de inovar, de criar alternativas. O ano de muito amor, muitos beijos, muitos abraços, reencontros, despedidas, surpresas e sorrisos. O ano de viajar, de mochilas às costas, de planear, explorar, descobrir e aprender. O ano para ser otimista e colocar os receios de lado. Foi o ano para crescer, para entrar nos 20 e começar a sonhar com a próxima década que se avizinha. 2016 foi o ano de sonhar, de fazer, de concretizar. 2016 foi o ano para viver


2017 será ainda melhor? É difícil superar um ano tão bom e inacreditável como 2016, no entanto a vida dá muitas voltas e as surpresas surgem quando menos se espera. 

Sunday, 27 November 2016

Snacks Fruut e Granola de maçã e canela


Sabem o que é um dia mesmo bom? É um dia em que uma das nossas empresas favoritas nos contacta a perguntar se queremos experimentar alguns dos seus produtos. Parece demasiado bom para ser verdade, certo? Também fiquei boquiaberta quando vi o e-mail da Fruut na minha caixa de correio. Admito que fiz uma pequena dance party no meu quarto, depois de responder que aceitava receber os produtos e fazer um post review. O entusiasmo por escrever este post era muito!
Não tinha intenção de fazer um post a dizer o quão maravilhosos são os produtos da Fruut. Como são adequados para gulosos e gente saudável. Como são das melhores invenções no mercado. Como é impossível não devorar um pacote de uma só vez. Como deixam um aroma delicioso no ar assim que se abre uma embalagem. Como mostram que produtos saudáveis não correspondem apenas a saladas. Como nos deixam a babar com cada criação. Como provam que é possível ter um estilo de vida saudável e mesmo assim comer "doces". Afirmam que " #tupodesmudar " e deixam-nos motivados por ter uma alimentação saudável.
Não, a minha intenção era fazer um vídeo de varias receitas com os produtos mas o tempo escapou-me por entre os dedos e entretanto já passou mais de um mês desde que recebi o e-mail. Optei por simplificar e investir nas letras. Afinal, as coisas mais simples podem ser as melhores, e a Fruut é mestre nisso.

Sunday, 9 October 2016

Interrail - o início | Cinque Terre


1 mochila de 40L. 4 t-shirts. 1 vestido. 2 pares de calças. 2 pares de sapatos. 2 soutiens. 12 cuecas. 1 bikini. 1 acessório {pulseira de interrail}. 10 pares de meias. 1,2kg de tâmaras. 600g amendoins. 1L água. 1 sandes. 2 bananas. 1 maçã. 1 abraço apertado. 2 beijios saudosos. 1 sorriso. 7 amigos. 1 viagem. Façamo-nos à Europa.
A aventura começou no Porto. Apanhámos um voo às 6h30 em direcção à cidade da moda e da máfia - Milão. Sai do aeroporto entra em autocarro apanha comboio troca para comboio faz uma amiga italiana e começa a aventura em Cinque Terre.

Monday, 3 October 2016

Halva de cacau / Cacao halva


Há uns dias a minha mãe chegou a casa com algumas compras do Lidl. Fui ajudá-la e no meio de fruta, legumes e pão encontrei um pacote com o que parecia ser um bolo. O meu primeiro pensamento foi "Uhmmm... Aposto que não é vegan". Depois, como uma vegan muito bem ensinada, comecei a ler os ingredientes. Sementes de sésamo, xarope de glicose-frutose, cacau, baunilha, erva não sei quantos e apenas isso. Surpresa, surpresa, posso comer!
Chama-se Halva (pronuncia-se Helva penso eu, pelo que pesquisei) e é um doce típico da Grécia, Israel e Turquia. É extremamente simples de fazer e incrivelmente delicioso! Por vezes para viajar nem precisamos de sair de casa ou, neste caso, da cozinha. Em cada colherada é como se estivéssemos numa ilha grega a ouvir o som do mar, ou numa praça Turca cheia de cultura, diversidade e animação. Tentador experimentar, não? ;)